Há um desafio sublime, à teologia e à música cristã: usar a cultura em favor do Evangelho. Nossos músicos e ministros estão preparados? Intelectualmente habilitados para adorar com Graça e inteligência? Precisamos de obreiros capazes de construir pontes culturais para pregar o Evangelho num ambiente cultural diversificado.